AZULFIX (E6)

CARACTERÍSTICAS

É um adesivo composto de uma argamassa pronta para o uso, bastando adicionar água.
Devido a sua formulação e tixotropia apresenta grande facilidade de aplicação, rapidez no serviço e acabamento perfeito, substituindo com vantagem as argamassas  comuns confeccionadas em obras com cimento e cal.

COMPOSIÇÃO BÁSICA

Cimento, areia, agregados

APLICAÇÃO

Assentamento de azulejos, ladrilhos, cerâmicas, painéis ou placas de cimento ou cimento amianto, pedra mineira, etc.

MODO DE USO

As superfícies ao serem revertidas devem estar ásperas e isentos de poeiras, recomenda-se, pois lavá-las com água pura ou umedecê-las antes da aplicação do AZULFIX. Azulejos cerâmicos e lajotas devem ser pré-molhadas também, porém não em excesso.
A fim de economizar AZULFIX recomenda-se que as áreas ao serem revestidas estejam bem niveladas e regularizadas com acabamento áspero, em geral bastam menos de 2 mm para assentar os azulejos.
Nos casos em que a argamassa de assentamento tenha que ser superior a 4-5 mm pode-se adicionar areia fina na proporção de 1/2 a 1 parte, esta argamassa também pode ser usada como massa de regularização.
Preparo da argamassa: para se obter uma argamassa trabalhável adicionar aproximadamente 1 litro de água para 3litros de AZULFIX, em dias de muito calor e muito secos a proporção de água deverá ser maior.
Aplicar a argamassa nas paredes ou piso e assentar o azulejo ou cerâmica com pressão, a fim de eliminar o excesso de argamassa r bolhas de ar, nivelar com sarrafo ou linha.
Evitar vibração ou deslocamento das peças durante 2 dias pelo menos.

RENDIMENTO

Aproximadamente 1 a 1,250 kg/m²/mm de espessura.
Recomendado para azulejos e pisos:  1,5 a 2 kg por m².

EMBALAGEM

Sacos de 25 kg

AZULIT A (E4)

CARACTERÍSTICAS

Cola em forma pastosa, pronta para colar azulejos, aquosa.
AZULIT A depois de endurecido permanece com uma boa elasticidade, a fim de absorver variações térmicas.

MODO DE USO

As paredes a serem revestidas com azulejos deverão principalmente ser niveladas e esquadrejadas com argamassas de cimento e areia, em seguida aplicar o adesivo com desempenadeira dentada ou por pontos. Os azulejos não deverão ser molhadas previamente e deverão estar livres de poeiras. Assentar o azulejo com pressão, deixando-se juntas espaçadas com palitos, as quais serão rejuntadas com cimento branco.
A fim de melhorar a adesividade sobre as superfícies muito lisas ou empoeiradas, recomenda-se no azulejo na face a ser colocada.

CONSUMO

1 a 1,5kg/m²

EMBALAGEM

Lata – 25kg
Tamborete – 50kg

AZULIT ACRIL (E5A)

CARACTERÍSTICAS

AZULIT ACRIL é uma dispersão de acrílico, indicado com adesivo para melhorar a qualidade das argamassas de cimento.
Tem os mesmos usos e modo de usar do AZULIT C, com a diferença que por ser um material mais nobre, tem características de maior dureza e durabilidade, principalmente pode ser usado em argamassas de cimento que podem ser aplicadas sobre a ferragem do concreto, sem prévio tratamento, exceto limpeza.
Indicado para serviços subaquáticos, piscinas e caixas d’água.

MODO DE USO

Argamassa de recomposição de concreto com armadura exposta, concertos e recuperação em geral.
Como aditivo para se fazer pinturas protetoras, a base de PROTEX FACHADA ou tintas confeccionadas com cimento branco ou cinza, com adição de AZULIT acrílico, para, maior aderência, durabilidade e impermeabilidade.
AZULIT ACRIL é diluído na água de amassamento em 1/1 até 1/3.

EMBALAGEM

Galão – 5 Litros
Lata – 18 Litros
Tambor – 200 Litros

AZULIT ACRIL RECUPERA (E5C)

CARACTERÍSTICAS

O Azulit Acril Recupera é uma dispersão aquosa baseada em ésteres acrílicos e estireno.
A dispersão tem boa compatibilidade com o cimento e argamassas.

COMPOSIÇÃO BÁSICA

Resina SBR estireno butadieno

MODO DE USO

Limpar bem a área a ser revestida. O Azulit Acril Recupera é condicionado a água de amassamento na proposta indicada. Todos os revestimentos de maior espessura devem ser procedidos da aplicacão da solução adesiva. Aplicar a superfície até atingir uma base resistente, regular e isenta de óleos, graxas ou matéria orgânica, Em seguida lavar a superfície eliminando toda a poeira e detritos. Como ponte de ligação, aplicar uma demão de Azulit Acril Recupera puro. A seguir aplicar o chapisco ou revestimento, trabalhando sempre o chapisco ou revestimento, trabalhando sempre úmido sobre úmido. Não saturar, evitar poças d’água.

USOS RECOMENDADOS

  • Concreto de argarmassas poliméricas
  • Emulsão para área de construção
  • Concretos para tubulação de água potável e esgoto
  • Disques de contenção de solventes
  • Pisos industriais de alta resistência química
  • Chaminés e reservatórios.
  • Promotores de aderência e argamassa colante bicomponente.

ESPECIFICAÇÃO

Esses dados técnicos são determinados para cada lote antes da liberação pelo nosso controle de qualidade.

Viscosidade Brookfields RVT f2/20 rpm a 23ºC 150 a 100 MPa
Densidade 1,04 g/cm³ (aprox.)
Aspecto seco transparente

APLICAÇÃO

O Azulit Acryl Recupera pode ser usado como ligante para fabricação de adesivos para construção civil, azulejos, massa corrida e massa para nivelamento.
Todas essas misturas têm uma ótima resistência à água.
O Azulit Acryl Recupera é bem incorporado a argamassas, massa corrida e misturas para pisos industriais base cimento.
Com isso, ele possibilita a redução de proporção de água colocada no cimento durante a mistura sem perder a molhabilidade.

PROCESSO

Devido a sua alta temperatura mínima de formação de filme do Azulit Acryl Recupera, recomenda-se o uso de agentes apropriados (ex.: acetato de butil glicol ou acetato de butil diglicol) em quantidades aproximada de 0,5 até 1% da mistura final para assegurar a resistência em temperaturas baixas.

RENDIMENTO

Básico para calculo, de aproximadamente um consumo de 100 a 300gr/m² de revestimento.
Consumo por saco de cimento 6 a 10 litros
1 – Argamassa (elástica) : 0,4 kg/m²/ 1 cm de espessura
2 – composto adesivo: 0,3 kg/m²/ 1 cm de espessura
3 – igualação: 0,4 kg/m²/ 1 cm de espessura
4 – colagem de azulejos: 0,3 kg/m²/ 1 cm de espessura
5 – colagem de azulejos: 0,3 kg/m²/ 1 cm de espessura

EMBALAGEM

Galão – 3,6 litros
Lata – 18 litros
Tamborete – 50 litros
Tambor – 200 litros

AZULIT C (E5)

CARACTERÍSTICAS

AZULIT C é uma resina liquida, de cor branca, de múltiplos usos, servindo como adesivo e aditivo para o concreto e argamassas. Aumenta a impermeabilidade e evita a segregação das argamassas. Como adesivo, assegura grande aderência da argamassa entre o concreto novo ao suporte antigo. Como adesivo confere alta resistência, grande elasticidade e sensível aumento da resistência mecânica da argamassa polimérica. Resiste às soluções fracas de álcalis e ácidas.

USO

  • Como adesivos usado puro ou misturado com cimento e agregados finos inertes, como areia, quartzo, carbonato de cálcio, chapisco rolado.
  • Ponte de ligação para concreto ou argamassa antiga com fresca.
  • Adesivo para azulejo, pré moldados, blocos de concreto, cerâmica, madeira.
  • Usado para confecção (sem retração e maior poder de aderência) de argamassas para consertos, revestimentos e preenchimentos de vãos vazios ou juntas.
  • Argamassa para chumbamento e outro usos.
  • Fixador de tintas em pó cal ou cimento.
  • Promotor de aderência para chapisco em superfície de isopor em lajes internas.
  • Promotor de aderência para gesso (paredes e tetos).

MODO DE USO

Limpar bem a área a ser revestida. O AZULTI C é misturado à àgua de amassamento na proposta indicada. Todos os revestimentos de maior espessura devem ser procedidos da aplicação da solução adesiva. Apicoar a superfície até atingir uma base resistente, regular e isento de óleos, graxas ou matéria orgânica. Em seguida, lavar a superfície eliminando toda a poeira e detritos. Como ponte de ligação, aplicar uma demão de AZULIT C puro. A seguir, aplicar o chapisco ou revestimento, trabalhando sempre o chapisco ou revestimento, trabalhando sempre úmido sobre úmido. Não saturar, evitar poças d’água.

Algumas alternativas:

1) Aplicar como fundo uma demão de ponto de ligação de AZULIT C puro, em seguida trabalhar úmido sobre úmido e aplicar um chapisco ou revestimento.

2) Para chapisco e pontes de ligação mais resistentes adiciona-se de 10 a 30% de cimento ao AZULIT C, aplicar sobre as superfícies, com rolo de pintura(chapisco rolado) obter superfícies rugosas e em seguida aplicar o revestimento.

3) Misturar 1 parte de cimento para 2 de areia e1 AZULIT C. Aplicar com vassourao ou colher de pedreiro, após o inicio de pega de aproximadamente 20 a 30 minutos, aplicar o revestimento desejado.

4) As proporções poderão variar de:
Usar puro ou diluído em água ate 1:2
Com cimento puro até 10 a 50%
Com cimento (1) e areia (até 2) para 1 parte de AZULIT C, diluído em água 1:1 até 1:2

Composto adesivo para chapisco
Aplicar o adesivo com vassourão nos pisos ou como chapisco na parede. Traço 1 parte de cimento Portland: 2 partes de areia média. Amolecer com solução AZULIT C: água 1:1. Para obtenção do chapisco e pontes de ligação mais resistentes, adicionar de 10 a 20% de cimento Portland ao AZULIT C puro aplicar sobre a superfície já preparada com rolo de pintura ou brocha. Em seguida aplicar o revestimento.

Revestimentos e colocação de azulejos em piscinas
Argamassas para reparos, revestimentos de alta elasticidade e pisos monolíticos. Traço: 1 parte de cimento. 3 partes de areia média seca. Amolecer com AZULIT C: água 1:1 a 1:2.

Igualação de concreto aparente
Executar com espessura máxima de 0,5 cm. Para espessuras maiores aplicar previamente adesivo e reforçar o traço. Para obter a tonalidade desejada, misture cimento cinza com branco. Aplicar com colher e igualar com desempenadeira de feltro. Traço: 1 parte de cimento, 2 a 3 partes de areia fina. Amolecer com solução AZULIT C: água 1:1 a 1:2.

Reparos de fendas e trincas
Retirar com talhadeira ou ponteiro, todas as partes soltas, limpar a superfície com água, ar comprimido ou sopro. Traço: 1 parte de cimento, 2 partes de areia fina. Amolecer com solução AZULIT C: água 1:1 a 1:3. Aplicar argamassa com solução forte, afim que penetre profundamente na trinca.

RENDIMENTO

Básico para cálculo, de aproximadamente um consumo de 100 a 300gr/m² de revestimento.
Consumo por saco de cimento 6 a 10 litros.

EMBALAGEM

Galão – 3,6 Litros
Lata – 18 Litros
Tamboretes – 50 litros
Tambor – 200 Litros

AZULIT SB (E5B)

USO

1) Melhoria na adesividade das argamassas de cimento e cal, compatível com gesso.
2) Uso externo e interno como adesivo para chapisco, ponte de ligação entre concreto, tijolo, argamassa, contra-piso, regularizações, estucamentos de concreto aparente, recomposição de ninho se bicheiras.
3) Usado para amolentar gesso.
4) Adicionado ao cimento de rejuntamento de azulejos e cerâmicas para melhor aderência e impermeabilidade.

COMPOSIÇÃO BÁSICA

Resina SBR Estireno Butadieno

MODO DE USO

Chapisco Grosso

  • 1 parte de cimento
  • 1 parte areia grossa
  • Azulit SB diluído em água 1:1

Chapisco Rolado (aplicar com rolo de pintura ou trincha)

  • 3 partes de cimento
  • 1 parte Azulit SB
  • Azulit SB diluído em água 1:1

Argamassas de reparo, estucamento e nivelamento ou regularização, traços podem variar de 1:3 ate 1:5 (cimento:areia) mais solução Azulit Sb diluído em água 1:2 até 1:3. Pinturas de cal e cimento usar diluído em água de 1:2 até 1:4. Gesso amolentar com dissolução 1:3 a 1:4.

DOSAGEM

Chapisco: 0,150 a 0,300 kg/m²
Argamassa: 0,200 a 0,400 kg/m²/cm

Considerar o seguinte consumo básico para 01 saco (com 50kg) de cimento:
(1:1) 10 litros de Azulit Sb diluído em 10 litros de água
(1:2) 7 litros de Azulit Sb diluído em 10 litros de água

EMBALAGEM

Galão – 3,6 kg
Lata – 18 kg
Galão – 3,6 litros
Lata – 18 litros
Tambor – 20 litros

ARMAZENAGEM

Em local fresco, bem ventilado, longe de fontes de calor e umidade. Manter o produto em sua embalagem original. Validade 12 meses.

DUROCOLA (E3)

O que é?

É um adesivo pastoso, usado em colagens de blocos de concreto, pias, placas de mármore, azulejos, cerâmicas, rodapés e materiais coláveis em geral.

DUROCOLA também pode ser usado como massa plástica para calafetações de trincas, porosidades e ninhos em concretos. Cor cinza.

MODO DE USO

Os materiais e superfícies a serem colados devem estar secos, livres de poeiras, gorduras e materiais estranhos.
Misturar bem o endurecedor (frasco plástico) ao adesivo, aplicar um pouco de cola por pontos, no bloco, cerâmica, etc. e assenta-lo. Não mexer ou provocar vibrações nas peças, enquanto a cola não estiver totalmente endurecida.

EMBALAGENS

Jogos de latas de 1kg mais o frasco plástico de 50gr acondicionados em caixas com 24kg.

DUROPOXY ACELERADOR (E2A)

CARACTERÍSTICAS

Os adesivos tipo DUROPOXY MR e toda a linha AU, podem ser acelerados para uma cura mais rápida, quando necessitar de resistências altas em poucas horas. Com adição de no Maximo 5% por peso total da mistura DUROPOXY ACELERADOR. O acelerador é previamente misturado com componente II endurecedor. A adição de 1 a 3% sobre o peso do acelerador, confere resistência em 3 a 4 horas equivalentes a 24 horas de cura e adição de 5% conferem em 2 a 3 horas, equivalentes a 24 horas de cura normal.
As resinas epoxys quando submetidas ao calor tem uma cura acelerada. Em 2 horas de estufa a 60ºC, sãos equivalentes a uma cura de 24 a 48 horas.
Como aumentar o tempo de uso de epoxy (Sheel Live); colocando-se previamente o epoxy numa geladeira comum.
O tempo de aplicabilidade é aumentado em pelo menos 1 hora, alem do tempo normal, que é de 1 a ½ hora, porem com a desvantagem de aumentar a viscosidade de epoxy.
Um prévio aquecimento do epoxy numa caixa de lâmpadas, ao sol em jato de quente (com escapamentos de compressoras), aumenta a fluidez do epoxy, dando maior facilidade de injeção em trincas embora diminua um pouco o tempo de aplicabilidade.

EMBALAGENS

0,5 kg – 1 kg

DUROPOXY AU 10-20-30-50-100 (E2)

CARACTERÍSTICAS

DUROPOXY AU é uma linha de adesivos à base epoxidica, de cor amarelada, translúcido, indicado para a colagem de concreto antigo com novo, injecao em trincas de concreto e colagem dos mais variados elementos de construção, entre e dentre si, a saber: concreto, cerâmica, azulejo, vidro, ferro e madeira.
Apresentado em 5 viscosidades, sendo a normal o tipo AU 100, os tipos AU-50, AU-30, AU-20, AU10 são menos viscosos, apresentando maior fluidez.

VISCOSIDADE FLUIDEZ CPS 25ºC COP FORD Nº4
AU-100 Baixa (mais viscoso) 11000 – 14000 —–
AU-50 Baixa média 700 – 1200 320”
AU-30 Média 660-1030 180”
AU-20 Média alta 300-400 120”
AU-10 Alta 200-300 60”

COMPOSIÇÃO BÁSICA

Resina epoxídica – componente A
Poliamida – componente B

PROPRIEDADES

As propriedades da linha AU são iguais do DUROPOXY MR, tendo mais as seguintes vantagens: por tratarem-se de adesivos mais fluidos tem maior rendimento por m²; prestam-se especialmente para a injeção em trincas e são mais fáceis de serem aplicados por serem líquidos, permitindo sua aplicação com trincha.

ENDURECIMENTO

A vida útil do adesivo já preparado está limitado pelo início de reação. Pot life da mistura aproximadamente de 01 hora (tempo em aberto).
Temperaturas ambientes compatíveis com sua aplicação, devendo ser evitado sua aplicação em temperaturas abaxio de 10ºC. O início de pega ocorrerá no intervalo entre 00:30 – 01:30 horas. O endurecimento completo entre 10 a 15 horas, e a resistência química e mecânica integral após uma semana de aplicação.
Um aquecimento até 80ºC acelera sensivelmente o endurecimento, devendo-se, no entanto contar com uma pequena retração da solda após o esfriamento.
A linha DUROPOXY pode ser fornecida com cura acelerada, nete caso, o endurecimento se dá em 2 a 3 horas. O tempo de trabalhabilidade diminui para 0,30 horas.

USOS

Além das propriedades aplicações e modo de uso descritas em DUROPOXY MR, a linha AU é especialmente recomendada para: colagem e injeção com as maiores resistências mecânicas possíveis com resistências a compressão acima de 1000 kgf/cm² tração acima de 300 kgf/cm².
DUROPOXY AU-10 e AU-20: viscosidade baixa, são os mais fluidos dos nossos adesivos, usados principalmente em injeções de trincas e fissuras, inclusive com abertura inferior a 0,2mm.
DUROPOXY AU-50: viscosidade media, é usada em injeções de trincas com aberturas acima de 0,2mm e em colagens em geral.
DUROPOXY AU-100: viscosidade alta, é usado em injeções de trincas e aberturas maiores, e em colagens em geral.
Outros usos para DUROPOXY AU-30, 50, 100:

  • Ao mesmo pode-se misturar areia seca com granulometria de preferência fina a fim de se obter massa de EPOXY para uso idênticos ao MR. Traço até 1:3.
  • Podem ser usados como pintura de revestimentos em vertedouros, impermeabilizáveis com alta resistência mecânica, caixas de água, pisos, etc.
  • Colagem de trincas e fissuras estruturais (fissuras que não trabalham): a solda é de alta resistência mecânica sem retração, restabelecendo as estruturas monolíticas do corpo.

 

MODO DE USO

Abrir tanto as fissuras horizontais como as verticais em forma de I I, removendo-se todo o material solto com ar comprimido seco e livre de óleo.

FISSURAS HORIZONTAIS
Introduzir continuamente DUROPOXY AU até o seu completo enchimento. Deve-se observar que a vida do adesivo preparado é limitada, preparando-se por conseguinte pequenas porções de cada vez.
No caso seguinte fissuras serem transpassantes ou muito profundas fazem-sefuros de 10 a 16mm de diâmetro ao longo desta em intervalos de 20 a 30cm seguida de uma perfeita limpeza de ar comprimido.
Aplica-se o adesivo até o completo enchimento. O seu endurecimento se completará em 24 horas.

FISSURAS VERTICAIS
Furar ao longo da fissura, com intervalos de 30 a 80cm, orifícios de aproximadamente 1,6mm (3/8″) de diâmetro de 50mm de profundidade fixando-se neles tubos de plástico ou cobre e vedando-se a parte escarvada com DUROPOXY MR. Depois de seu endurecimento (aprox. 12 horas) procede-se a injeção, tomando-se como ponto de partida o ponto mais baixo da fissura passando-se após seu enchimento sucessivamente aos seguintes.
O adesivo penetra lentamente nos capilares mais finos tornando-se necessário sucessivas interrupções para evitar sobrepressao no injetor.
Quando as fissuras são transpassantes torna-se necessários a aplicação de pontos de injeção de ambos os lados segundo a técnica descrita.
O término do processo de injeção se verificara com aumento de pressão e a saída do adesivo nos pontos de aplicação do lado oposto. O seu endurecimento se completara em 24 horas.

OBSERVAÇÕES

DUROPOXY AU molha e penetra em zonas porosas e microfissuradas permitindo a solda de fissuras de 0,2mm de largura e 1000mm de profundidade.
No entento, é necessário fazer os furos de tal disposição, diâmetro e profundidade para que estes acompanham a fissura, não atinjam a armadura do concreto e fique garantida uma perfeita intercomunicação entre eles. Este ultimo detalhe pode ser testado com ar comprimido. O injetor ou bomba de pressão equipada com uma válvula de retenção facilita a aplicação do adesivo.
Nos serviços de colagens de concreto antigo com novo é importante que o concreto fresco seja aplicado antes do adesivo endurecer.Enquanto o mesmo estiver pegajoso, pode-se laçar o concreto.Porém, caso ele tenha secado devido a demora de lançamento do concreto, basta aplicar-se nova camada sobre a já anteriormente aplicada e em seguida proceder-se ao lançamento do concreto fresco.

EMBALAGENS

Jogo de 2 latas, total de 1 kg

DUROPOXY FLEXÍVEL 60 (E2C)

APLICAÇÕES

Sistema epóxi bi-componente para juntas flexíveis utilizando resina epóxi modificada e endurecedor a base de poliesteramina. Sistema utilizado para juntas em diversas espessuras e injeções em fissuras e trincas com baixa movimentação em estruturas de concreto, em viadutos, pontes, lajes e outros.
Em fissuras estabilizadas utilizar o DUROPOXY MB.

PROPRIEDADES

  • Um grau relativamente elevado de flexibilidade, mesmo em baixas temperaturas, por volta de – 10ºC
  • Ótimas propriedades mecânicas
  • Boa adesão ao concreto seco e ao aço jateado
  • Sistemas absolutamente isentos de solvente
  • Viscosidade baixa, tornando mais fácil de ser trabalhado e autonivelante

COMPOSIÇÃO BÁSICA

Resina epóxi – Componente A
Poliesteramina – Componente B
Densidade e mistura à 25º: 1,43 g/cm²

RENDIMENTO

1 kg/m²/mm e espessura

EMBALAGEM

Componente A + B, totalizando 01 kg

DUROPOXY MR (E1)

Duropoxy MR

DUROPOXY MR é um adesivo de dois componentes de cor cinza concreto, tipo pastoso, contem quartzo modo, sendo indicado para juntas de colagem de concreto novo com antigo, consertos de concreto, colagem em geral de concreto, pré moldados, fibro cimento, metais, pedra, cerâmica, vidros e outros materiais de construção, entre e dentre si.
Os adesivos MR também são fornecidos na versão MRF ou seja, tipo mais fluido, indicado para maior rendimento e mais fácil enchimento em perfurações para chumbadores, espatulações ou desempenamento para preenchimento de porosidade no concreto, como base para pintura ou impermeabilização a base de epoxi e no tipo DUROPOXY MRE, ou seja, colar peças, calços, gabaritos fixadores de janelas, buchas, etc. Também tempos o tipo DUROPOXY massa (em barras), em caixinhas com 100 ou 200 gramas, com duas barras semiduras, as quais são misturadas com as mãos, amassando-se duas partes iguais da mesma, para consertos caseiros e industriais, os mais variados, fixação de peças, recomposição, etc.

COMPOSIÇÃO BÁSICA

Resina epoxidica – Componente A
Poliamina amida – Componente B

PROPRIEDADES

A junta de DUROPOXY MR endurece, livre de tensão e retração, numa solda tenás de alta resistência mecânica (superiores a do concreto) e estabilidade térmica. Apresenta ótima resistência química a água, soluções salinas, alcalinas, solventes, óleos minerais e vegetais e as soluções ácidas de concentração media.
Aplicação de DUROPOXY MR nas colagens, dada a sua grande adesividade e resistência, garante monoliticidade da estrutura.

APLICAÇÕES

Ponte de ligação concreto antigo com novo. Consertos de concreto e calafetação superficial de trincas, juntas ou cavidades no concreto, inclusive como massa para calafetar defeitos antes de pintura posterior a base de EPOXY, usado principalmente em caixas de água, peças pré moldados tipo vigas-calhas para telhados, concretos estruturais, vertedouros e túneis em barragens ou estações de tratamento de água.

MODO DE USO

PREPARO DAS SUPERFÍCIES
As superfícies devem estar rigorosamente livres de poeira, óxidos, partes soltas, graxas, óleos asfaltos e ceras. Preferencialmente a limpeza deve ser mecânica por meio de jato de areia ou granalha de aço, lixadeira, escova de aço, jato d‘água de alta pressão e ar comprimido.
O desengordurador prévio poderá ser feito com solventes ou detergentes, água e escovamento.

PREPARO DO ADESIVO DUROPOXY MR – MRF – MRE
DUROPOXY MR é fornecido em duas embalagens de resinas A e catalizadores B. O adesivo é preparado pela mistura intensiva (pelo menos 3 minutos) e homogeneização completa da resina e catalizador nas proporções indicadas, nos rótulos das embalagens.
Proporções básicas:
Resina A – 600 gr
Catalizador – 400 gr

Só preparar porções que podem ser aplicadas no intervalo Maximo de 00:30, 01:30 horas.
A vida útil (pot life) da mistura depende da temperatura ambiente e da quantidade preparada.
A elevação da temperatura acelera a cura. Uma camada fina de adesivo endurece mais lentamente, pela perda de calor de reação, do que a quantidade total preparada do mesmo.
Recomenda-se o preparo da mistura somente após o preparo preliminar das superfícies a serem coladas.
Não se deve usar solventes no adesivo pois estes diminuem sua resistência.

APLICAÇÕES
Em regra, as superfícies devem ser “vivas” e de certa aspereza, e quanto mais lisas se apresentarem quanto mais fina deverá ser camada do adesivo.
A aplicação devera ser feita por meio de pincel, trincha, espátula, de uma camada fina e uniforme sobre ambas as superfícies preparadas.
As peças rejuntadas com leve pressão para a expulsão do ar e protegidas de descolamentos ou vibrações ate o completo endurecimento.
No caso de trincas ou injetores pneumáticos.
Uma vez atingido o inicio de pega (reação) deve-se rejeitar as sobras do adesivo preparado.
Depois do uso limpar imediatamente as ferramentas e equipamentos com solventes xilol. Álcool ou água e sabão sob pena de inutilização definitiva.

ENDURECIMENTO
A vida útil do adesivo já preparado esta pelo inicio de reação. Pot life da mistura aproximadamente de 1 hora (tempo em aberto).
Temperaturas ambientes são compatíveis com sua aplicação, devendo ser evitado sua aplicação em temperaturas abaixo de 10ºC. O inicio de pega ocorrerá no intervalo entre 00:30 – 01:30 horas. O endurecimento completo entre 10 a 15 horas, e a resistência química e mecânica integral após uma semana de aplicação.
Um aquecimento até 80ºC acelera sensivelmente o endurecimento, devendo-se no entanto contar com uma pequena retração da solda após o esfriamento.
A linha DUROPOXY pode ser fornecida com cura acelerada, nete, caso, o endurecimento se dá em 2 a 3 horas. O tempo de trabalhabilidade diminui 0,3 horas.

JUNTAS DE CONCRETAGEM (concreto endurecido ou antigo com concreto fresco)

Elimina a junta de concretagem de adesão duvidosa formando um corpo homogêneo.

  • Adesivo: DUROPOXY MR ou AU 100
  • Consumo: 0,35-0,48 kg/m²
  • Execução: Preparar a superfície segundo o item de preparo das superfícies e aplicar DUROPOXY MR com trincha ou espátula e executar a concretagem dentro de 40 minutos no Maximo (o adesivo deverá estar pegajoso).

REVESTIMENTO DE CONCRETO SECO, COM ARGAMASSA DE CIMENTO E AREIA

Elimina o chapisco e fornece uma impermabilização perfeita, alem de grande aderência:

  • Adesivo: DUROPOXY MR
  • Consumo: 0,35-0,55 kg/m²
  • Execução: Identica ao item acima (juntas de concretagem)

CONSERTOS EM FALHAS DE CONCRETAGEM

Obtem-se uma perfeita soldagem e consolidação do concreto:

  • Adesivo: DUROPOXY MR
  • Consumo: Consumo: 0,35-0,55 kg/m²
  • Execução: Abrir as cavidades ou ninhos em forma cônica inversa ou paralela, remover material solto e poeiras. Preparar as superfícies segundo o item de preparo das superfícies. Aplicar DUROPOXY MR com trincha ou espátula. Executar a concretagem dentro de 40 minutos no Maximo (o adesivo devera estar pegajoso). Com concreto de baixo fator água/cimento (seco). Para cavidades menores ou porosidades aplicar DUROPOXY MR com espátulas podendo-se adicionar de 1 a 2 partes por volumes de quartzo ou areia seca.

COLAGENS DE RACHADURAS E FISSURAS SUPERFICIAIS

Obtem-se uma aderência, elasticidade superior às argamassas de cimento além do tempo reduzido de execução:

  • Adesivo: DUROPOXY MR
  • Consumo: 1,5kg/litro volume
  • Execução: Fissuras até 4 mm de largura; abrir com largura e profundidade minina de 10 a 15mm respectivamente. Rachaduras (mais de 4mm de largura) abrir em largura e profundidade de respectivamente 2 a 4 vezes a sua largura. Executar a limpeza segundo o item de preparo bem integralmente a cavidade

CHUMBAMENTO RÁPIDO DE SUPORTES E CHUMBADORES PARA MÁQUINAS

Instalação rápida e utilização após período reduzido de espera. Fixação de ferragens 12-24 horas; maquinas 24-48 horas de espera; com acelerador, 6 horas:

  • Adesivo: DUROPOXY MR
  • Consumo: 1,5 LG/litro volume
  • Execução: Segundo o item modo de uso. Abrir o suporte nas dimensões de 1,2 vezes as dimensões da parte a ser chumbada, tomando-se o cuidado para que não haja oclusão de ar. Ou, no chumbamento de peças maiores revestir a cavidade do suporte e a parte a chumbar com uma camada de DUROPOXY MR. Assentar a peça e preencher a folga da cavidade com uma argamassa de DUROPOXY MR e 1 a 2 partes de areia, limpa, seca de granulometria de 0-2mm.

COLAGEM DE FERRO, MADEIRA, ALUMINIO, CERAMICA OU AZULEIJOS SOBRE CONCRETO OU ARGAMASSA

Obtem-se rapidez e economia de mão-de-obra, grande resistência ao cisalhamento e aderência perfeita:

  • Adesivo: DUROPOXY MR
  • Consumo: 0,5 – 1,5 kg/m²
  • Execução: Segundo o item de modo de uso, ladrilhos e cerâmicas podem ser colados por pontos com áreas de 3 a 5cm²

PRECAUÇÕES

Os adesivos DUROPOXY quando completamente endurecidos são fisiologicamente inertes.
No entanto o contato do adesivo fresco com a pele pode causar irritações.
Evitar o contato com a pele e mucosa.
Aconselha-se usar luvas e óculos.
Após o serviço lavar-se com água e sabão.

ARMAZENAMENTO

No máximo 1 ano em ambiente fresco não expor ao calor as embalagens.

EMBALAGENS

Conjunto de 2 latas total de 1 kg

DUROPOXY SUBAQUÁTICO (E2B)

CARACTERÍSTICAS

COR
Componente A = Amarelo
Componente B = Preto
Mistura A + B = Verde Escuro

DENSIDADE
Componente A = 1,72 g/cm³
Componente B = 1,50 g/cm³
Mistura A + B = 1,60 g/cm³

APLICAÇÕES

DUROPOXY SUBAQUÁTICO é indicado para reparos, colagens e consertos em superfícies molhadas ou submersas em água doce ou salgada. Aplicar sobre ferro, madeira, concreto, pedras, etc., por exemplo:

  • Reparo de trincas e vedação de fluxo d’gua.
  • Colagem de azulejos em piscinas de concreto.
  • Reparo de estruturas metálicas submersas.
  • Reparo de estrutura de concreto submersos.
  • Reparo em cascos de navios e embarcações de aço, madeira e fiberglass.
  • Reparo de tubulação.
  • Revestimentos de estacas e tubulações de aço.

MODO DE USO

As superfícies devem estar limpas, lixadas, livres de poeira e óleo. Proceder limpeza mecânica para promover boa rugosidade na superfície.
Misturar os componentes A e B manualmente fora da água. Durante a mistura, o operador deverá manter as mãos molhadas, evitando que a massa cole nos dedos: misturar cuidadosamente por aproximadamente 3 minutos, evitando a incorporação de ar e consequentemente formação de bolhas. A mistura dos dois componentes da massa também pode ser feita com espátula.
Pressione a mistura com a superfície a ser revestida com uma pressão tal que cubra uniformemente a superfície. Não deve ficar bolha de ar ou água entre a superfície e a colagem.
A espessura máxima recomendada é de 5 mm.
O intervalo de tempo entre o início da mistura e o final da aplicação, não deve ultrapassar 30 minutos, pois após este período inicia-se polimerização da massa, endurecendo-a. Misturar apensas a quantidade necessária para o consumo imediato, pois ao final de 30 minutos inicia-se a polimerização e endurecimento.

RENDIMENTO

1,5 kg/m²/1mm espessura

ARMAZENAMENTO

1 ano, em lugar fresco e ventilado

EMBALAGENS

Conjuntos de 1 kg (potes com 0,5 kg para cada componentes)
Conjuntos de 10 kg (latas com 5 kg para cada componentes)

WOHACO I (E8)

CARACTERÍSTICAS

Emulsão asfatica para colagens de placas termo acústicas na industrias do frio, em isolamento térmico com isopor, cortiça ou duratex.
A emulsão asfatica alem do seu poder de colagem forma um filme continuo e impermeável, podendo-se fazer uso destas duas propriedades concominamente. Podemos obter dupla vantagem na colagem de placas de isopor ou cortiça.

APLICAÇÕES

As colagens poderão ser feitas sobre concreto, alvenaria, argamassa de cimento, ferro ou chapa zincada, sobre impermeabilidade de lajes com asfalto.

MODO DE USO

Aplicar WOHACO I com desempenadeira dentada, colher de pedreiro ou brocha, em seguida colocar as placas com pressão, a fim de ajuda-las a expedir possíveis bolhas de ar.

RENDIMENTO

250 a 500 gr/m²

EMBALAGENS

Balde – 18 kg
Tambor – 200 kg