ADITIVOS (A)

Aceleradores
Plastificantes
Incorporadores de Ar
Impermeabilizante/Acelerador de pega
Expansores
Argamassas e Cimentos Especiais

REVESTIMENTOS (B)

Tintas
Vernizes
Primer
Epoxy Impermeabilizante
Esmaltes
Elastômero para Impermeabilização
Emulsão Asfáltica
Hidrofugantes

TRATAMENTOS (C)

Desmoldantes para Formas
Endurecedores para Concretos
Agentes de Cura
Removedores
Passivadores

CALAFETADORES (D)

Massa Plástica
Elastômeros
Mastiques

ADESIVOS (E)

Epoxy
Poliéster
PVA
Acrílico
Asfalto
Estireno Butadieno/Acrílico
Agregados
Produtos para Injeções

PISOS (F)

Primer
Poliuterano
Cimentos Especiais
Agregados
Emulsão Asfáltica / Resina Acrílica

IMUNIZANTES (G)

Fungicidas

DIVERSOS (H)

Isolante Térmico
Cimentos Refratários
Fungenband - Veda Juntas

Aeroplast (A21)

CARACTERÍSTICAS

Os aditivos AEROPLAST são incorporadores de ar (espuma estabilizada) e catalisadores para acelerar a pega, utilizados para a fabricação do chamado aeroconcreto (concreto leve), que consiste em uma argamassa de cimento espumado, resultante da mistura de cimento, água, AEROPLAST INCORPORADOR DE AR (espumante) e AEROPLAST CATALISADOR, de modo a conter numerosissima e diminuta células de ar incomunicáveis entre si. O concreto celular constitui-se num isolante térmico e acústico, dada a baixa densidade e não inter-comunicações entre as celulas, reduz consideravelmente a transmissão de calor e som por condução.

Vide também o nosso produto "VERMICULITE" para confeccionar concreto leve.

PROPRIEDADES DO AEROPLAST

A - Condutibilidade Térmica:

Apesar de maior que a do poliuterano, o coeficiente de contabilidade térmica do concreto celular é aceitável como isolante térmico, constatando-se ainda que o coeficiente de condutibilidade térmica, oscilando entre 0,04 a 0,05 kcal/MHºC, é diretamente proporcional a massa especifica.

B - Permeabilidade a água e ao vapor:

Sendo a estrutura do CONCRETO CELULAR constituida de micro-células é o fato dessas serem fechadas, é o fator responsável pela baixa absorção d'gua e tornando a ação por capilaridade praticamente desprezível.

C - Resistência a Compressão:

Sabendo-se que a resistência a compressão do CONCRETO CELULAR é diretamente proporcional a massa específica e sendo o mesmo dosado para diversas densidades que variam entre 400 a 500 kgm/m³ , permitem obter diversas resistênciase aplicações.

D - Comportamento quanto a Odor, Mofo e Parasitas:

O CONCRETO CELULAR é quimicamente neutro, não apresentando portanto, quaisquer incoveniente. Não apodrece, não amoloce com água e não se desintegra
facilmente.

E - Resistência ao Fogo:

É um material incombustível.

F - Propriedade Acústica:

O CONCRETO CELULAR apresenta excelente resultado de atenuação acústica.

G - Proteção Mecânica:

Nas áreas sem trânsitos o CONCRETO CELULAR poderá ser aplicado sobre a impermeabilizacão, funcionando também como proteção mecânica. Normalmente se emprega espessuras entre 5 a 10cm, e sendo o CONCRETO CELULAR um material semi-autonivelante, não se obtém bons resultado com os deníveis acima de 5%.

H - Principais áreas de aplicação do concreto celular:

  • isolante térmico de lajes e terraços;
  • enchimento em geral;
  • placas pré-moldadas.

I - Para produzir deve-se ter:

  • Equipamentos especiais, gerador de espuma e misturador vedado.
  • Máquina de fabricação contínua para a produção de grande quantidade. Esse processo caracteriza-se pela produção contínua, dosagem automática, melhor homogeneidade do concreto e bombeamento até o local de apicação.

Para obter um CONCRETO CELULAR com densidade= 550 kg/m³ e FCK 20 kgf/cm².

Traço para um saco de cimento:

  • 1 saco de cimento, msturado em 14 litros de água;
  • 150 gr. de Aeroplast batidoem 10 litros de água;
  • 150 gr. de catalisador dissolvido em 1 litro de água.

A densidade do concreto celular varia com o consumo de cimento que pode estar entre 350 e 550 Kg/m³. A adição de areio não é indicada, pois a mesma sedimenta.

RENDIMENTO

Um saco de cimento produz 0,09m³ de CONCRETO CELULAR, com um consumo de 11 sacos por m³ para uma densidade de 550 kg/m³ e mais 1,65 kg de espumante Aeroplast e 1,50 kg de catalisador ou acelerador.

OBSERVAÇÕES

  • dependendo da temperatura o catalisador poderá ser aumentado ou diminuído;
  • o cimento deve ser de boa qualidade e se possível de alta resistência inicial;
  • quando o CONCRETO CELULAR vai ter acabamento desempenado a área deverá ser taliscada com argamassa ou sarrafo na espessura desejada, preencher com o CONCRETO CELULAR e sarrafar;
  • nos primeiros três dias,caso necessários, deverá ser molhado para ter uma cura perfeita.

Indicação de uso: fabricação de concreto leve para enchimento de vãos, isolamento térmico, isolamento acústico e fabricação de placas pré-moldadas. O produto final possui baixa resistência (25 kgf/cm2), não sendo indicado para a fabricação de blocos ou estruturas.

Disponibilizamos máquina geradora de espuma para alugar.

Para maiores informações solicite o nosso manual técnico.

Duroplast Incorporador de Ar (A13)

CARACTERÍSTICAS CONFERIDAS AO CONCRETO

1 - Aumenta a impermeabilidade, a resistência ao intemperismo e aos agentes agressivos pela diminuição do efeito de capilaridade.
2 - Aumenta de 2 a 10% de ar incorporado pela formação de microporos esféricos. Estes atuam como agregado fino, melhorando a fluidez e a regularidade do concreto fresco.
3 - Aumento da resistência pelos seguintes fatores:
a) Diminuição do fator água/cimento;
b) Melhor dispersão do concreto;
c) Aumento da densidade pela melhor plastificação.
4 - Aumento da rentabilidade operacional pela:
a) melhoria considerável da trabalhabilidade;
b) eliminação da segregação;
c) redução de até 15% da água de amassamento.
5 - DUROPLAST INC DE AR pode ser usado em conjunto com DUROPLAST RETARDADOR e ou PLASTIFICANTE BV.

DENSIDADE

1,030 kg/l

COMPOSIÇÃO BÁSICA

Alquil-aril Sulfonato e lignosulfonato

APLICAÇÃO

DUROPLAST INCORPORADOR DE AR é usado para qualquer tipo de cimento Portland e agregados, POZOLANAS ou FLYASH.
É especialmente usado na construção de barragens concreto massa, de estradas, pistas de aeroportos, concretos aparente, soalhos pré-moldados, revestimentos de canais e túneis, obras portuárias e em meios agressivos.
A incorporação de ar no conreto faz com que as pequenas bolinhas colaborem para que o concreto não trinque em temperaturas baixas.

MODO DE USO

Usar betoneira. Adicionar juntamente com a água de amassamento 0,03 a 0,2% de DUROPLAST INCORPORADOR DE AR, em relação ao peso de cimento empregado.

ARMAZENAMENTO

Limitado acima de 0ºC.

EMBALAGENS

Lata - 5kg
Balde - 20kg
Tambor - 200kg